Olimpia 24 Horas

TRABALHO - Para onde caminham os empregos e as profissões

Postado em: 06/11/2018 Por Elton Ivan Schneider*

É difícil aceitar que nossos empregos e profissões, da forma com que conhecemos hoje, estão com os dias contados. O assunto envolve sentimentos e emoções profundas, pois ocupações com as quais convivemos diariamente serão impactadas de forma direta e transformadas pelo uso intensivo de tecnologias. Isso independe do nível educacional exigido, pois desde frentistas, caixas de supermercado e cobradores de ônibus até pilotos de avião, anestesistas, engenheiros e advogados sentirão na pele as transformações.

Muitas profissões serão extintas e outras serão reinventadas com novos nomes, formatos, recursos e funcionalidades. Sendo assim, um conselho: acalme-se! Não rasgue seu diploma nem sua carteira de trabalho, pois suas experiências ainda serão proveitosas. O fato é que você precisará de uma reengenharia profissional.

O profissional do futuro deve desenvolver diversos aspectos. Precisa dominar as tecnologias, cada vez mais necessárias para automação de processos, mas também deve ter desenvoltura para lidar com pessoas e trabalhar em equipe. A integração de pessoas, processos, sistemas e negócios compõem o que chamamos de integração estratégica. Além disso, é importante ter liderança, visão de futuro e pensamento criativo.

Em 2019, já será possível seguir carreiras diferenciadas, desenvolvendo as características supracitadas. Algumas vocações que se tornarão comuns:

  1. Se você procura por profissões mais técnicas: bioinformacionista, engenheiro-hospitalar, arquiteto e engenheiro 3D, gestor de resíduos, analista de reciclagem, especialista em energias renováveis ou energias alternativas, fazendeiro vertical, Bring Your Own IT Facilitatorgestor de ecorrelações e advogado tributário.
  2. Se você gosta de lidar com pessoas: coach pessoal, coach físico ou coach financeiro, especialista em simplicidade, gestor de qualidade de vida, especialista em geração de novas experiências de vida, especialista em home office, profissionais de saúde mental, conselheiro de aposentadoria, gerente de relações éticas, consultor de imagem, cuidador de pessoas, gerente de herança.
  3. Se você gosta de profissões voltadas às redes sociais: profissional de marketing digital, especulador de moedas alternativas (bitcoin), alfaiate digital, corretor de dados pessoais, influenciador digital, assessor de criadores de conteúdo, analista de Big Data, gestor de comunidades.
  4. Se você deseja trabalhar com tecnologia da informação: hacker genético, técnico em telemedicina, detetive de dados, perito forense digital, condutor de drones, gerente de desenvolvimento de inteligências artificiais, técnico de cuidados assistidos por inteligências artificiais, analista de cidades cibernéticas, diretor de portfólio genômico, inspetor de rodovias, oficial de diversidade genética, desenvolvedor de dispositivos vestíveis e instaladores domésticos especialistas em tecnologia.

Todas essas profissões ainda não são consagradas ou profissionais, mas estão se consolidando como áreas promissoras para o desenvolvimento de novas competências. Os cursos de graduação específicos para quem quer atuar nessas áreas já estão se adaptando para as novas demandas, por exemplo os cursos de Marketing Digital e Gestão da Tecnologia da Informação, ofertados pelo Centro Universitário Internacional Uninter.
* professor e diretor da Escola Superior de Gestão, Comunicação e Negócios da Uninter.

Leia Também

Entre em Contato

(17) 99769-5656 WhatsApp

[email protected]

Jornalista responsável:
Julio César Faria
Julião Pitbull - MTB 53113

Cadastre-se e receba
Informativos
Olímpia24Horas nas Redes Sociais