Olimpia 24 Horas

SOCIAL DE OLÍMPIA registra mais de 100 mil atendimentos a famílias de baixa renda em 2019

Postado em: 12/02/2020

Promovendo um trabalho de proteção social na Estância Turística de Olímpia, a secretaria de Assistência Social busca cada vez mais estar próxima da população que precisa, buscando soluções e alternativas para situações de vulnerabilidade e risco social.

No último ano, a pasta - comandada e muito bem por sinal, pela Secretária Cristina Reale - teve como uma das principais metas a ampliação dos serviços oferecidos. O resultado das intensificações foi o registro de 102.918 atendimentos, serviços, programas, projetos, oficinas e benefícios, voltados a famílias de baixa renda, somente em 2019.

Os números representam um aumento de quase 30% em comparação a 2018, quando foram realizados cerca de 80 mil atendimentos, e mais de 125% em relação a 2017, que havia registrado aproximadamente 45.300 atendimentos. O crescimento teve como justificativa a ampliação do trabalho realizado para oferecer melhor qualidade de vida e mais oportunidades aos assistidos.

Segundo os dados do relatório de gestão da pasta, na Proteção Social Básica, que envolve os três Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), os Núcleos da Cohab I e II,  de Ribeiro dos Santos e Baguaçu e o Centro de Convivência do Idoso, foram contabilizados cerca de 67 mil atendimentos.

Já a Proteção Social Especial, que é composta pelo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Casa de Passagem, Casa de Acolhimento I e II e pelo Centro Dia do Idoso, atendeu quase 23 mil pessoas.

Outro número bastante expressivo é o aumento de moradores que participaram de oficinas e qualificações profissionais.  De acordo com os dados do Social, em 2017, 336 pessoas participaram de oficinas, no ano de 2018, este número chegou a 1.179. Já em 2019, foram contabilizadas mais de 7 mil moradores beneficiados. Um aumento de mais de 1000% no número de participantes dos cursos, em três anos.

O balanço também demonstra o avanço no atendimento familiar e a proximidade da Assistência na execução de políticas públicas para garantia dos direitos, oferecendo amparo às famílias. Ao todo, foram realizados cerca de mil atendimentos pelo órgão gestor, além de ter sido entregues quase 3,5 mil cestas básicas.

De acordo com a secretária de Assistência Social, Cristina Reale, o aumento nos serviços, programas, projetos, oficinas, ações e benefícios são reflexos de um trabalho de inclusão social, executado por toda equipe, que visa diminuir as desigualdades sociais e fortalecer as perspectivas de vidas das pessoas.

“Este é o resultado de um empenho em fornecer medidas para os moradores, identificando as necessidades e cuidando caso a caso. Descentralizamos serviços, levamos os atendimentos para os CRAS e aproximamos a população atendida. Oferecemos novos projetos e oficinas para jovens e adolescentes e entregamos um novo núcleo de assistência em Ribeiro dos Santos. Também fortalecemos e firmamos parcerias com a sociedade civil para o acompanhamento e formação de crianças e adolescentes, por meio de projetos de combate às drogas. O intuito maior é de levar o atendimento da rede socioassistencial para todos os segmentos e territórios da cidade, ampliando os benefícios e garantindo o desenvolvimento e os direitos das famílias, pois a assistência social é uma politica  publica de direitos”, destaca Cristina.



Leia Também

Entre em Contato

(17) 99769-5656 WhatsApp

[email protected]

Jornalista responsável:
Julio César Faria
Julião Pitbull - MTB 53113

Cadastre-se e receba
Informativos
Olímpia24Horas nas Redes Sociais