Olimpia 24 Horas

SEVERÍNIA - MISTÉRIO! Sumiço de homem deixa família apavorada que pede ajuda de todos da região

Postado em: 15/04/2019

Se você viu alguma "coisa errada" ou tem "qualquer pista" do paradeiro do homem da foto, Zé Canila, pedreiro de Severínia, avise a família ou a Polícia urgente por favor, pedem os familiares que estão desesperados a procura do homem que sumiu...

Um caso de Desaparecimento de Pessoa vem preocupando e muito a população da cidade de Severínia, inclusive já foi parar na Justiça. É o Desaparecimento do pedreiro José Canila Neto (Foto), conhecido como Zé Canila, 64 anos de idade e morador da rua Paulo Cesar Galib Tannuri, 224, centro de Severínia.

Segundo o BO PC registrado nesta quinta-feira, 11, as 8h34 da manhã, Josiane Cristina Canila, também moradora do centro de Severínia, ela procurou a delegacia de polícia Civil de Severínia onde informou que é sobrinha de Zé Canila (o desaparecido) e que na sexta-feira, dia 5 de abril, seu tio saiu de casa na companhia de um homem apelidado de Ceará, morador da avenida Severino Siccieri, 730, centro de Severínia, com destino ao Rancho da "Sonia Borduchi" localizado no beira do Rio Turvo, no município de Embaúba. A sobrinha disse ainda no BO PC que eles tinham a intenção de apenas pernoitar por lá comendo e bebendo.

Ocorre que o desaparecido José Canila Neto, por volta das 21 horas decidiu retornar para casa e não mais pernoitar no rancho alegando que estava sem cigarros, razão pela qual Ceará decidiu levá-lo de volta para casa Severínia.

Segundo o BO PC e o que a sobrinha do pedreiro ouviu de Cearáno caminho entre Embauba e Severínia eles decidiram parar em Cajobi para comprar cervejas.No local havia um Feira e eles ficaram por ali, nas proximidades de um bar.

A declarante, sobrinha de Zé Canila (Foto),  disse que entrou em contato com Ceará  pessoalmente, na casa dele e que este lhe informou que enquanto foi ao boteco comprar um latão de cerveja, Zé Canila sumiu, de forma que Ceará não o viu mais, essa a versão de Ceará para explicar à sobrinha do desaparecido. Questionado o motivo de não ter avisado a família que Zé Canila ficou por lá, Ceará disse que como tinha muita gente de Severínia na Feira em Cajobi ele achou que Zé Canila tinha pegado uma carona e retornou para Severínia, disse. Ceará, na conversa com familiares do Desaparecido, chegou a Jurar por Deus que não teve culpa nenhuma do sumiço do pedreiro. Foi aí que uma sobrinha procurou a Polícia e registrou o misterioso caso.

A Polícia Civil já investiga o caso e Ceará deve ser ouvido a qualquer momento para explicar os últimos momentos dele com o desaparecido, Zé Canila.

A sobrinha de Zé Canila finalizou contando que Ceará disse que deixou Zé Canila sentado num dos bancos da praça e ao retornar do boteco, onde foi comprar cervejas, não achou o pedreiro mais. Segundo ela, ele disse que procurou por Zé Canila em Cajobi até por volta das 23 horas mas como não o encontrou, foi embora sozinho para casa. Isso ocorreu na sexta-feira, 5, a noite.

Para a família Ze Canila estava no rancho onde costuma ir sempre, jamais eles imaginaram que ele havia sumido. Quando ficaram sabendo esta sobrinha foi atrás de Ceará e após a versão dele ela procurou a delegacia onde registrou o caso como Desaparecimento de Pessoa.

Zé Canila desapareceu trajando bermuda de tecido e uma camiseta, peças de cores e modelos não informados. Ele estava com o cabelo por fazer e bigode grande, tem poucos dentes ma boca, usava um boné da Cutrale e consta no BO PC que ele era alcoólatra.

Vários familiares estão desesperados procurando Zé Canila por todos os cantos e cidades da região. Ajude! Colabore pois o sofrimento da família é muito grande nessa hora. PENSE NISSO E AJUDE SE VOCÊ TEM ALGUMA PISTA DO QUE PODE TER OCORRIDO!


FAMÍLIA IMPLORA POR NOTÍCIA OU ALGUMA PISTA DO PEDREIRO QUE DESAPARECEU
A família de Zé Canila, que está desesperada com o sumiço do pedreiro, pede ajuda e apoio para todos de todas as cidades das região. Caso alguém tenha visto o homem da foto (Zé Canila) em algum lugar ou alguma cidade, ele que está desaparecido desde a sexta, 5 de abril, que entre em contato urgente com a família pelo ENDEREÇO OU TELEFONES ABAIXO, ou então, LIGUE 190 E AVISE URGENTE A PM.

(17) 99100-3689 / (17) 99231-7405
rua e Cezar Galib Tanuri, 224, Centro de Severínia


SE ALGUÉM VIU "ALGO ERRADO" PODE DENUNCIAR ANONIMAMENTE
Lembrando que caso alguém tenha visto "algo errado" ou desconfia de "alguma coisa" que viu naquela noite, ou presenciou "alguma cena suspeita" que pode revelar o mistério do desaparecimento do pedreiro, e não quer se envolver, sem problemas, a família pede desesperadamente que ligue anonimamente e informe o que viu à Polícia. Não é necessário se identificar e a ligação é gratuita de qualquer telefone, basta discar 190.


ATENÇÃO! SE ALGUÉM TIVER ALGUMA PISTA INFORME A FAMÍLIA NO ENDEREÇO OU PELOS TELEFONES ABAIXO, OU ENTÃO, LIGUE 190 E AVISE URGENTE A PM.

(17) 99100-3689 / (17) 99231-7405
rua Cezar Galib Tanuri, 224, Centro de Severínia


Desaparecido: José Canila Neto

Profissão: pedreiro
Idade: 64 anos
Endereço: rua 
Altura: 1,70
Trajava: bermuda, camisa e boné da Cutrale
Detalhe: bigode grande
Contato da família: (17) 99100-3689 / (17) 99231-7405
Endereço: rua Cezar Galib Tanuri, 224, Centro de Severínia

Leia Também

Entre em Contato

(17) 99769-5656 WhatsApp

[email protected]

Jornalista responsável:
Julio César Faria
Julião Pitbull - MTB 53113

Cadastre-se e receba
Informativos
Olímpia24Horas nas Redes Sociais