Olimpia 24 Horas

RIO PRETO - Rio-pretense ganha R$ 2 milhões no Nota Fiscal Paulista

Postado em: 15/12/2017

A consumidora, de 50 anos, participou do 109º sorteio do programa com 33 bilhetes e foi sorteada com o prêmio principal

Uma moradora de Rio Preto foi a ganhadora do prêmio especial de Natal, no valor de R$ 2 milhões, do sorteio de dezembro da Nota Fiscal Paulista. A consumidora, de 50 anos, participou do 109º sorteio do programa com 33 bilhetes e foi sorteada com o prêmio principal. Além disso, três sortudos da capital e um de Jacareí ganharam R$ 500 mil cada um.

Outros contribuintes também levaram 10 prêmios de R$ 100 mil, 15 de R$ 50 mil, 20 de R$ 10 mil, 50 de R$ 5 mil e 500 prêmios de R$ 1 mil. Concorreram os cadastrados que efetuaram compras em agosto e solicitaram a inclusão do CPF/CNPJ no documento fiscal. No total, foram 600 prêmios que somam R$ 6,7 milhões.

Com o sorteio exclusivo, 10 entidades assistenciais cadastradas na Nota Fiscal Paulista receberam R$ 100 mil, totalizando R$ 1 milhão em prêmios. As instituições contempladas são das cidades Amparo, Campinas, Franca, Jundiaí, Marília, Piracicaba, Ribeirão Preto, Santo André, Votorantim e da capital.

O resultado está disponível no site www.nfp.fazenda.sp.gov.br. Para verificar, basta acessar o sistema com o CPF e senha cadastrada e clicar na aba Sorteios > Visualizar Sorteios >Sorteio nº 109.

Para concorrer, o consumidor que pede a Nota Fiscal Paulista deve se cadastrar no site do programa e aderir ao regulamento. As adesões até o dia 25 de cada mês permitem a participação já no mês seguinte. Uma vez feito o aceite às regras dos sorteios, não há necessidade de repetir a adesão, que vale para todas as extrações. Cada R$ 100 em compras dá direito a um bilhete eletrônico para disputar aos prêmios.

A Nota Fiscal Paulista, criada em outubro de 2007, integra o Programa de Estímulo à Cidadania Fiscal do governo do Estado de São Paulo e reduz, de fato, a carga tributária individual dos cidadãos, que recebem créditos ao efetuar compras de mercadorias em São Paulo. O sistema distribui até 30% do ICMS efetivamente recolhido pelos estabelecimentos comerciais aos consumidores que solicitam o documento fiscal e informam CPF ou CNPJ, proporcional ao valor da nota.

A devolução é feita em créditos que podem ser acompanhados pela internet e utilizados para pagamento do IPVA ou resgatados em dinheiro. O consumidor também pode solicitar o documento fiscal sem a indicação do CPF/CNPJ e doá-lo a uma entidade de assistência social ou de saúde cadastradas no programa Nota Fiscal Paulista, se assim desejar. Essa é uma decisão pessoal e exclusiva do consumidor.
Fonte: http://www.diariodaregiao.com.br/_conteudo/2017/12/economia/rio_preto_e_regiao/1088400-rio-pretense-ganha-r-2-milhoes-no-nota-fiscal-paulista.html

Leia Também

Entre em Contato

(17) 99769-5656 WhatsApp

[email protected]

Jornalista responsável:
Julio César Faria
Julião Pitbull - MTB 53113

Cadastre-se e receba
Informativos
Olímpia24Horas nas Redes Sociais