Olimpia 24 Horas

REFORMA TRABALHISTA reduzirá custos e ampliará contratações. VEJA!

Postado em: 10/11/2017

Locar Guindastes e Transportes Intermodais preparou para entrada em vigor da nova lei trabalhista. Empresa prevê que mudanças devem criar oportunidades de novos postos de trabalho, reduzir custos e aumentar produtividade

Vice-presidente de uma das maiores empresas de transportes intermodais do Brasil, Henrique Bravo, ressalta os aspectos positivos da reforma trabalhista. “As mudanças darão maior segurança à empresa, possibilitando a contratação de um número maior de funcionários e refletindo no crescimento e valorização profissional dos colaboradores”.

A principal medida para a Locar será a do contrato intermitente, que permitirá às empresas contratar funcionários para jornadas eventuais. Isto será muito importante para as flutuações de demandas imediatas e curtas, que não podiam ser atendidas, pois a legislação exigia prazo mínimo de contrato e jornada obrigatória de 44 horas semanais.

Empresa líder no setor de içamento e movimentação de cargas, a Locar Guindastes e Transportes Intermodais analisou durantes as últimas semanas os principais pontos da reforma que devem ser aplicados na empresa, assim que a lei entrar em vigor.

Para Henrique Bravo, haverá impacto positivo nas operações da empresa. “Conseguiremos uma boa redução de custos em diversos sentidos e planejamos as ações previamente, de modo a garantir um benefício também para nossos funcionários”.

Dentre as medidas aprovadas pelo Congresso e sancionadas pelo presidente Temer, a Locar mapeou dez que devem ser adotadas. São elas: 

  • Jornada de trabalho: poderão ser negociados jornada de trabalho, banco de horas, intervalo intrajornada (mínimo de 30 minutos para período de 6 horas), plano de cargos e salários.
  • Verbas rescisórias: no caso de acordo entre a empresa e o colaborador para extinção do contrato de trabalho, o trabalhador poderá abrir mão de 50% do aviso prévio e da multa sobre FGTS, que será de 20% (e não mais 40%).
  • Hora de almoço: flexibilização do horário de almoço com compensação na jornada de trabalho, ou seja, o trabalhador poderá sair mais cedo do trabalho se decidir reduzir seu horário de almoço.
  • Homologação: dispensadas as homologações das rescisões contratuais no Sindicato da categoria.
  • Férias: poderão ser parceladas em até três vezes, desde que haja concordância do empregado e um dos períodos não seja inferior a 14 dias corridos. 
  • Jornada efetiva: não entra alimentação, higiene pessoal e troca de uniforme. A jornada será considerada apenas quando o funcionário prestar serviços efetivamente.
  • Acordo de compensação: validade do acordo de compensação por horas extras habituais. 
  • Prêmios e gratificações: não terão natureza salarial para os respectivos cálculos e encargos. 
  • Grávidas: poderão ser autorizadas para trabalho insalubre desde que tenham atestado médico. 
  • Insalubridade: mediante ACT (Acordo Coletivo de Trabalho), poderá ser determinado grau de insalubridade de determinadas atividades. 

 

A adoção das novas medidas não serão a primeira mudança no setor de RH da empresa, este ano.  Há alguns meses, a Locar inovou a forma de contratação de gerentes, recrutando profissionais em transição de carreira, sem experiência obrigatória no setor, mas com grande conhecimento em gestão. O objetivo do projeto é trazer novos olhares para a empresa, visando aprimorar os processos internos com uma nova visão de mercado.


Sobre a Locar
29 anos no mercado, a LOCAR Guindastes e Transportes Intermodais é empresa líder no içamento e na movimentação de cargas especiais na América Latina. Sediada em Guarulhos (SP), tem filiais pelo País e mais de mil colaboradores, além de ser a única a oferecer um amplo leque de soluções para movimentação

Leia Também

Entre em Contato

(17) 99769-5656 WhatsApp

[email protected]

Jornalista responsável:
Julio César Faria
Julião Pitbull - MTB 53113

Cadastre-se e receba
Informativos
Olímpia24Horas nas Redes Sociais