Olimpia 24 Horas

PESCA E CIA - Dicas para aproveitar a pescaria no Carnaval sem ter problemas

Postado em: 20/02/2020

Separamos conselhos gerais para que você possa desfrutar ao máximo no Feriadão que se aproxima; lembrando que a pesca continua fechada na maior parte dos rios brasileiros

O pescador pode aproveita a época de folia, desde que respeite as regras

Um dos Feriados mais aguardados pelos brasileiros se aproxima. Alguns preferem a folia, outros, viajar com a família e quem tem a pesca como lazer preferido aproveita os dias de folga para fisgar muitos peixes e se divertir. Por isso, separamos sete dicas para curtir o Carnaval sem problemas, para que seja apenas festa e tranquilidade.

1 – A piracema termina no dia 28/02 na maioria das bacias: lembre-se disso! Se você pretende pescar em algum rio, a pesca segue fechada na maior parte do Brasil. Em Mato Grosso está liberada. Já em Mato Grosso do Sul, em Corumbá, no leito do Rio Paraguai, a pesca com devolução também está autorizada.

2 – Não esqueça a licença de pesca: as policias ambientais farão fiscalização intensa em pontos estratégicos. Não portar o documento obrigatório emitido pelo Ibama, ou o Estadual, implica em multa e apreensão de equipamento. Pescar sem licença não é crime ambiental.

3 – Fique atento à documentação em caso de pescaria internacional: se vai pescar na Argentina, por exemplo, lembre-se de levar o RG ou o passaporte. A CNH ou carteira de órgãos como a OAB não são aceitos na imigração.

4 – Tenha paciência nos pesqueiros: muitos pescadores optaram pela segurança de ir ao pesqueiro, onde a pesca nunca está proibida por conta do período de reprodução. A tendência é de que eles estejam lotados, com muitas famílias. Respeite os colegas e o espaço dos demais, sobretudo quando executar um arremesso.

5 – Cuide da saúde: estamos num período muito quente do Verão. Em algumas cidades a temperatura deve ultrapassar os 40ºC com facilidade. Mantenha-se bem hidratado (evite exagerar na bebida alcoólica) e não consuma comidas gordurosas. Use roupas leves e bem ventiladas e não deixe de usar protetor solar e labial. Óculos, boné, chapéu ou viseira também são itens de extrema importância.

6 – Muito cuidado nas praias: se você é “praieiro” tome cuidado ao escolher uma praia bastante movimentada. Um arremesso mal executado pode ferir gravemente um banhista. Escolha praias bem tranquilas e dê preferência para os primeiros horários da manhã.

7 – Trânsito: por fim, se vai viajar para longe, considere o trânsito nas estradas. Se, por acaso, irá rebocar a própria embarcação, fique atento. Na Resolução Nº 396 do Contran, no Artigo 8, está definido que “veículo leve” tracionando outro veículo equipara-se a “veículo pesado” para fins de fiscalização de limite de velocidade.

Por isso, quem trafegar pelas rodovias deve ficar atento às placas no formato R-19, as quais obrigatoriamente devem conter a distinção de limites de velocidade se ele existir.

Sendo assim, se na rodovia onde o automóvel trafega o limite for de 110 km/h para “leves” e 90 km/h para ”pesados”, quem reboca a embarcação deve seguir a 90 km/h.

Se vai para rodoviária ou aeroporto, não se esqueça de chegar com antecedência para não ter problemas com check in e o horário de embarque. Em caso de viagem de avião, lembre-se de verificar a cota permitida da bagagem a fim de evitar multa com o peso extra.
Fonte: Pesca e Cia

Leia Também

Entre em Contato

(17) 99769-5656 WhatsApp

[email protected]

Jornalista responsável:
Julio César Faria
Julião Pitbull - MTB 53113

Cadastre-se e receba
Informativos
Olímpia24Horas nas Redes Sociais