Olimpia 24 Horas

MONTE AZUL PAULISTA - Homem desobedece ordens da GCM e acaba preso por vários crimes

Postado em: 10/09/2019

Na cidade de Monte Azul Paulista, na noite do último domingo, 08, a Guarda Civil Municipal, sob o comando do GCM Rogerio Prioli, prendeu mais uma pessoa, desta vez por diversos crimes: Dano Qualificado, Embriaguez ao Volante, Lesão Corporal, Direção Perigosa, Ameaça, Desacato e Resistência.

Segundo a GCM acabou preso em flagrante Luis Henrique Fagliari, 25 anos, vulgo Felicão.

Tudo começou com uma denúncia Anônima informando que o vulgo Felicão estaria conduzindo uma caminhonete de cor preta, em direção perigosa pelo bairro São Felipe, ou seja cantando pneus, trafegando pela contramão e em alta velocidade.

Imediatamente uma equipe da GCM, formada pelos GCMs Romanelli e Thomaz; Dias e Lucas e ainda com o apoio do Comandante Rogério que estava à paisana, se dirigiu ao local dos fatos onde de fato os GCMs se depararam com o veículo no trajeto, ocasião em que iniciaram o acompanhamento acionando os sinais luminosos e sonoros para que o condutor parasse e encostasse o veículo, momento em que o condutor empreendeu fuga em alta velocidade.

Segundo a GCM, o condutor da camionete passou por uma praça e uma igreja evangélica com grande aglomeração de pessoas, ou seja, colocando em risco a vida de muitas pessoas no local e a dele própria.

Lá na frente, devido ao fluxo de trânsito o GCMs perderam a camionete do visual, mas instantes depois o COP(Centro de Operações Preventivas) informava via rádio que nova denúncia anônima informava que uma camionete de cor preta, com o pneu estourado, estava parada no Posto Ipiranga.

Rapidamente os GCMs se deslocaram ao local onde lá encontraram o Comandante Rogério que se encontrava à paisana, em trajes civis, mas já na verbalização e constatando se tratar do veículo que havia dado fuga.

Segundo a GCM, com a chegada deles no posto o condutor encontrava-se na porta do lado do motorista, ocasião em que foi solicitada a sua CNH e o CRLV do veículo, pedidos prontamente negados pelo condutor.

Segundo a GCM, neste momento os GCMs notaram sinais visíveis de possível Embriaguez do condutor da camionete, como forte odor etílico, olhos avermelhados, dificuldade de equilíbrio e agressividade.

Indagado se havia ingerido bebida alcoólica, ele respondeu informalmente que sim, que havia bebido o dia todo e que também tinha consumido cocaína.

Diante dos fatos Felicão recebeu voz de prisão em flagrante, momento em que foi solicitado que ele colocasse as mãos no veículo para ser submetido a busca pessoal. Mais uma vez ele se recusou, e, agora caminhando em direção aos agentes dizendo "Quem são vocês, ninguém vai por as mãos em mim, eu sou o Felicão, seus cornos, filhos da puta, corruptos" e com os punhos fechados, momento em que os GCMs utilizaram moderadamente dos meios necessários para repelir a injusta agressão iminente contra os agentes de segurança da cidade.

Mesmo assim, segundo a GCM, alguns ainda foram atingidos por alguns socos, mordidas e chutes do agressor, causando lesões corporais no Comandante GCM Rogério, no GCM Romanelli e no GCM Thomaz.

Com muitas dificuldades, consta no relato da GCM, eles acabaram imobilizando Felicão com o uso de algemas e o colocaram no compartimento de presos de uma das viaturas da Guarda Municipal.

Quanto a camionete que Felicão conduzia ela foi recolhida administrativamente devido algumas irregularidades e lavradas várias autuações pertinentes as infrações cometidas durante a fuga em alta velocidade.

Segundo ainda a GCM, quando seguiam no trajeto até o Pronto Atendimento Municipal, onde o indiciado Felicão passaria por exame de corpo de delito, mediante chutes ele danificou o interior da viatura. Mesmo assim ele foi levado a PS local.

Após Felicão e todos os agentes envolvidos passarem por exame clínico de Corpo de Delito, o autor foi apresentado na delegacia de polícia onde a autoridade de polícia judiciária, Dr. João Vitor Silvério, após formar seu convencimento jurídico, decidiu ratificar a prisão em flagrante emanada pelos agentes por vários crimes cometidos pelo autor: Dano Qualificado, Embriaguez ao Volante, Lesão Corporal, Direção Perigosa, Ameaça, Desacato e Resistência.

Após o registro do flagrante consta que Felicão permaneceu preso e à disposição da Justiça. Ele passaria por audiência de custódia no dia seguinte onde seria decidido o futuro dele...

Leia Também

Entre em Contato

(17) 99769-5656 WhatsApp

[email protected]

Jornalista responsável:
Julio César Faria
Julião Pitbull - MTB 53113

Cadastre-se e receba
Informativos
Olímpia24Horas nas Redes Sociais