Olimpia 24 Horas

MONSENHOR ANTONIO - SIMPLICIDADE

Postado em: 09/02/2018

SIMPLICIDADE! Esta é uma das virtudes menos conhecidas pela maioria das pessoas. Cada dia que passa, é mais desconhecida. Porém, é fundamental para agirmos com perfeição e vivermos em paz. E nós a encontramos em todas as páginas da Bíblia, sendo essencial para entender a Palavra e os desígnios de Deus. Deus manifesta esta virtude em todas as suas palavras e em todas as suas obras. Nós podemos entender que esta seja uma das virtudes que Ele usa em suas palavras e expressa em suas obras, porque Ele é o dono de uma sabedoria e do poder infinitos, e, por isso não têm necessidade de enfeitar as suas palavras, nem as suas obras porque tudo o que Ele diz ou faz é perfeito.

Para nós, esta virtude é tão difícil devido à nossa limitação. Nós não temos humildade suficiente para admitir que a nossa maneira de pensar nem sempre é correta, e que a nossa maneira de agir é deficiente. Por isso, gostamos de complicar nossa maneira de falar, e de enfeitar a nossa maneira de agir. Isto faz com que muitos não entendem o que nós falamos, nem compreendem o que nós fazemos. E esta falta de simplicidade aumenta a nossa insegurança em nossa maneira de falar e de agir, e impede que tenhamos paz em nossa consciência e descubramos a alegria de viver, para partilhar esta paz e alegria com os outros.

A Palavra de Deus deste domingo convida-nos a meditar sobre esta virtude, indispensável para a nossa vida, às nossas famílias, e para toda comunidade. Na Primeira Leitura (2Reis 5,9-14) encontramos o exemplo de Naamã que "Chegou com seus cavalos e carros e parou na porta da casa do profeta Eliseu. Elizeu mandou um mensageiro para lhe dizer: 'Vai, lava-te sete vezes no rio Jordão, e a tua carne será curada e ficarás limpo'. Naamã, irritado, foi embora, dizendo: 'Eu pensava que ele sairia para me receber e que, de pé, invocaria o nome do Senhor, seu Deus, e que tocaria com a sua mão no lugar da lepra e me curaria'. Deu meia-volta e partiu indignado. Mas seus servos aproximaram dele e disseram-lhe: 'Senhor, se o profeta te mandasse fazer uma coisa difícil, não terias feito? Quanto mais agora que ele te disse: 'Lava-te e ficarás limpo'. Então ele desceu e mergulhou sete vezes no Jordão, conforme o homem de Deus tinha mandado, e a sua carne tornou-se semelhante à de uma criancinha, e ele ficou purificado".

Fazer tudo com naturalidade é o conselho de São Paulo (1Coríntios 10,31-11,1): "Irmãos, quer comais, quer bebais, quer façais qualquer outra coisa, fazei tudo para a glória de Deus. Não escandalizeis a ninguém. Nem judeus, nem gregos, nem a igreja de Deus. Fazei como eu, que procurei agradar a todos em tudo, não buscando o que é vantajoso para mim mesmo, mas o que é vantajoso para todos, a fim de que sejam salvos". E termina aconselhando: "Sede meus imitadores, como eu o sou de Cristo".

Jesus confirma esta mensagem com o seu exemplo (Marcos 1,40-45): "Um leproso chegou perto de Jesus e, de joelhos, pediu: 'Se queres, tens poder de curar-me!'. Jesus, cheio de compaixão, estendeu a mão, tocou nele e disse: 'Eu quero: fica curado!' No mesmo instante, a lepra desapareceu e ele ficou curado. Então Jesus o mandou embora, falando com firmeza: 'Não contes nada disso a ninguém! Vai, mostra-te ao sacerdote e oferece, pela tua purificação, o que Moisés ordenou como prova para eles!' Ele foi e começou a contar a divulgar muito o fato. Por isso Jesus não podia mais entrar publicamente numa cidade: ficava fora; em lugares desertos".

Monsenhor Antonio

Leia Também

Entre em Contato

(17) 99769-5656 WhatsApp

[email protected]

Jornalista responsável:
Julio César Faria
Julião Pitbull - MTB 53113

Cadastre-se e receba
Informativos
Olímpia24Horas nas Redes Sociais