Olimpia 24 Horas

ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA - Iniciada as interligações para melhorias no abastecimento

Postado em: 08/10/2019

As obras para a ampliação do abastecimento de água da Estância Turística de Olímpia entram em uma nova fase. Agora, será a vez das interligações da Estação de Tratamento de Água (ETA), localizada no Distrito Industrial, com os reservatórios espalhados pela região leste da cidade.

Veja abaixo Entrevista do Prefeito sobre as inovações e avanços para que nenhuma família ou empresa de Olímpia fique sem água:

A primeira fase da obra foi a perfuração do poço profundo, entregue em julho, com captação direto do Aquífero Guarani, que tem profundidade de 1.100 metros e produz 330 metros cúbicos de água potável por hora. A segunda fase, que está em andamento, é a conclusão da ETA, construção da rede adutora e de distribuição, Estação Elevatória e novos reservatórios.

As obras de interligação terão início pelo Jardim Alvorada e depois seguirão para os bairros: Jardim Paulista, Campo Belo, Viva Olímpia, Jardim Blanco, Jardim Leonor e Cohab IV. A nova rede de distribuição começa atrás da APAE (CECAP) e seguirá até as Cohab I e II, abastecendo todos os reservatórios e substituindo os poços existentes. Outra linha segue pela Avenida Mário Vieira Marcondes e conecta com as águas do Centro até a Rua São João.

Durante esse período de interligação, a Daemo Ambiental pede a compreensão da população, pois serão necessárias intervenções nas ruas e avenidas dos bairros, ou seja, as vias serão cortadas e escavadas para a passagem dos tubos. A autarquia também alerta que, devido as escavações, podem ocorrer rompimentos nas redes de distribuição e, por este fato, alguns bairros podem sofrer com água suja na rede.

A Rodoserv Engenharia Ltda, empresa responsável pelo obra, já foi orientada a fazer as devidas sinalizações e para os cuidados com o trânsito de veículos e passagem de pedestres, não deixando valas abertas.

Na última semana, o prefeito Fernando Cunha, acompanhado dos servidores da Daemo, visitou as obras da ETA. O prefeito esteve na construção da estação elevatória, próximo ao poço profundo. Em seguida, visitou a ETA, onde estão sendo construídas as bases para a instalação dos dois reservatórios, com capacidade de armazenamento de 6 milhões de litros, sendo um de 4,5 milhões e outro de 1,5 milhão.

A obra, que se arrastava por mais de 20 anos, é uma prioridade da Administração Municipal, já que, desde o início da atual gestão, o prefeito Fernando Cunha identificou que mais da metade do abastecimento da cidade era feito por pequenos poços e que, na época de seca, sofria com a estiagem e corria risco de desabastecimento. Agora, o método adotado, da perfuração do poço profundo, é considerado seguro, pois a fonte de abastecimento vem do Aquífero Guarani.

Para a conclusão de todas as fases do projeto, serão investidos quase R$ 17 milhões, sendo R$ 13,5 milhões de recursos viabilizados pelo Ministério das Cidades, após grandes esforços do chefe do Poder Executivo em conquistar a liberação com as autoridades políticas federais, e mais R$ 3,5 milhões de contrapartida da Prefeitura.

“Vamos fazer as interligações até o Recinto do Folclore em todos os reservatórios antigos da cidade. Essa é uma obra que vem trazer a solução em definitivo do abastecimento de água de toda a zona leste da cidade”, destacou o prefeito.

Leia Também

Entre em Contato

(17) 99769-5656 WhatsApp

[email protected]

Jornalista responsável:
Julio César Faria
Julião Pitbull - MTB 53113

Cadastre-se e receba
Informativos
Olímpia24Horas nas Redes Sociais