Olimpia 24 Horas

DAEMO inicia obras de recuperação estrutural do antigo poço da Petrobrás

Postado em: 20/06/2022

Com o objetivo de ampliar a produção de água e aumentar a garantia operacional dos sistemas de abastecimento da Estância Turística de Olímpia, a Daemo iniciou nos últimos dias, a primeira etapa das obras de recuperação estrutural do antigo poço da Petrobrás, perfurado por volta dos anos 60.



O poço vinha sendo operado pelo parque Thermas dos Laranjais, desde a sua fundação, mas com a perfuração de novos poços pelo empreendimento, houve um entendimento para que o município passasse a administrá-lo para fins de abastecimento. A outorga da concessão foi autorizada pelo DAEE – Departamento de Águas e Energia Elétrica do Estado de São Paulo e publicada no Diário Oficial do Estado, em julho de 2019. A conquista contou com o empenho do prefeito Fernando Cunha e o apoio do deputado federal olimpiense, Geninho Zuliani.

Com a outorga a favor do município e considerando as técnicas de perfuração e os métodos construtivos utilizados na época em que o poço foi construído, a Daemo realizou um amplo estudo de viabilidade a fim de avaliar as condições estruturais do poço, as intervenções necessárias e os custos para sua recuperação estrutural, comparando estes com os valores para a perfuração de um novo poço similar, o que comprovou a viabilidade da recuperação do poço existente, trazendo economia aos cofres públicos.

Nesta primeira etapa, com investimento inicial de mais de R$ 2,8 milhões, será realizada a recuperação do poço, por meio de técnicas de engenharia, com reabertura estrutural, aprofundamento, instalação de novos filtros e revestimentos, bem como a limpeza geral do poço e realização de testes de vazão específica e rebaixamento. A empresa vencedora do processo licitatório e responsável pela obra é a Engeper Engenharia e Perfurações Ltda.

Já a segunda etapa da obra consistirá no dimensionamento dos equipamentos e instalações elétricas, bem como a construção de uma adutora que levará a água até a Estação de Tratamento de Água 2, no Jardim Luiza, com previsão de mais de 4 quilômetros de extensão. Um novo processo licitatório será aberto para finalizar a obra.

Este será o terceiro poço profundo operado pela atual gestão, que intensificará ainda mais a vazão, com captação diretamente do Aquífero Guarani, que é fonte de água potável própria para consumo.

“Este novo poço virá para garantir ainda mais o abastecimento de água a todos os moradores de Olímpia, considerando o crescimento da cidade e inclusive as gerações futuras. Com mais este poço profundo teremos a capacidade de gerar mais de 13 milhões de litros de água por dia, vindos diretamente do Aquífero Guarani, com mais qualidade e sem riscos de contaminação”, declarou o prefeito Fernando Cunha.

Leia Também

Entre em Contato

(17) 99769-5656 WhatsApp

[email protected]

Jornalista responsavel:
Julio Cesar Faria
Juliao Pitbull - MTB 53113

Cadastre-se e receba
Informativos
Olimpia24horas nas redes sociais