Olimpia 24 Horas

COVID-19 - Governo faz novas recomendações a prefeituras paulistas após aumento de internações

Postado em: 14/01/2022

Com o aumento no número de internações por Covid-19 e outras síndromes respiratórias registrado neste início de 2022, o governo do Estado de São Paulo anunciou, em entrevista coletiva realizada nesta quarta-feira (12/1), novas recomendações de controle para as prefeituras paulistas.

O anúncio inclui restrições em eventos, shows e atividades esportivas, bem como a reafirmação de medidas de higiene para evitar a contaminação pelo coronavírus e a variante ômicron.

Estabelecimentos do setor de comércio e serviços não terão restrições de funcionamento.

Para os eventos realizados no Estado, é obrigatório o uso de máscaras de proteção e que os realizadores disponibilizem álcool em gel e exijam do público a apresentação da carteira de vacinação completa com as duas doses contra a Covid, no mínimo.

Já com o crescimento no número de casos registrado em janeiro, o governo estadual recomendou às prefeituras limitar a 70% o público nos eventos como medida para conter o avanço da doença.

Cada município possui autonomia para editar as regras de restrição, observando a realidade local.

De acordo com dados do Centro de Contingência do Coronavírus, o Estado registrou aumento de 58% das internações em leitos de UTI e de 99% nas enfermarias nas duas últimas semanas.

O governo também fez indicações voltadas para a imunização da população. Em São Paulo já é aplicado o reforço contra a Covid para aqueles que receberam a segunda dose da vacina há quatro meses. Durante a coletiva, o governador João Doria reforçou a necessidade de se completar o ciclo vacinal.



Vacinação de crianças

Na quarta-feira teve início também o pré-cadastro para vacinação de crianças de 5 a 11 anos do Estado.

Os pais e responsáveis podem fazer o cadastro pela plataforma Vacina Já (www.vacinaja.sp.gov.br), que serve para agilizar o atendimento nos postos de saúde.

Segundo o governador João Doria, a vacinação terá início com a chegada de novas doses da vacina da Pfizer em São Paulo. O público estimado nessa faixa etária é de 4,3 milhões de crianças, e o governo planeja vacinar 250 mil delas por dia, nos 5.200 pontos de vacinação do Estado.

Testagem

João Doria também anunciou durante a coletiva de imprensa nesta semana a compra de dois milhões de testes rápidos de antígenos para Covid-19, que serão distribuídos para as prefeituras.

Os testes têm grau de efetividade de 98% e o resultado sai em 15 minutos. O investimento para a compra dos testes foi de R$12 milhões e visa ampliar o monitoramento de casos de coronavírus.

A distribuição para os munícipios do Estado seguirá de acordo com a pactuação com o Conselho de Secretários Municipais de Saúde de São Paulo (Cosems).

Leia Também

Entre em Contato

(17) 99769-5656 WhatsApp

[email protected]

Jornalista responsavel:
Julio Cesar Faria
Juliao Pitbull - MTB 53113

Cadastre-se e receba
Informativos
Olimpia24horas nas redes sociais