Olimpia 24 Horas

BUSCANDO O BICAMPEONATO, São Paulo monta time forte para TORNEIO DE POKER entre Estados

Postado em: 16/07/2019

Éder Campana (foto) é um dos representantes do Estado para o CBPE deste ano (Foto: René Velli -Pokernews) 

Entre os dias 17 a 23 de julho, São Paulo receberá mais uma etapa do circuito de poker mais relevante da América Latina. É nesse período que o WTC Sheraton será casa do BSOP Winter Millions, válido pela quinta etapa da atual temporada do Campeonato Brasileiro de Poker – o BSOP. Além dos tradicionais torneios individuais para os melhores competidores do país, a realização do festival também contará com um evento especial.

É no BSOP Winter Millions que acontecerá a nova edição do Campeonato Brasileiro de Poker por Equipes (CBPE). Criado em 2013 pela Confederação Brasileira de Texas Hold’em (CBTH), esse evento reúne os melhores Estados do Brasil quando o assunto é poker e coloca os respectivos times em disputa durante alguns dias de competição. Além disso, o CBPE vem acompanhando a expansão da popularidade desse esporte da mente que cresce no país todo e fomentando a modalidade em diversas regiões.

Como São Paulo é a casa do poker brasileiro e tem competidores de muito sucesso como os campeões mundiais André Akkari e Thiago Decano, o sucesso do Estado nesse evento vem de longa data.

Na nova edição do CBPE, São Paulo tentará repetir o sucesso de 2017, quando foi campeão e conquistou o primeiro título. Já no ano passado, o selecionado treinado por Akkari ficou com a vice-colocação e só perdeu para o Paraná.

Para o próximo evento, o Estado contará com competidores como Victor Begara, Cássio Kiles, Éder Campana, Fernando Viana e Milena Magrini. A tarefa de treinar esse elenco estrelado fica para Will Arruda.

Entre os representantes de São Paulo, Éder tem o currículo mais impressionante

O selecionado paulista larga mais uma vez entre os principais favoritos a vencer o CBPE e muito disso passa por Éder Campana. Frequente em torneios do BSOP há anos, o competidor já conquistou três eventos secundários do circuito e é reconhecido por ser um dos grandes profissionais de Omaha no país — segunda variante mais popular do poker, atrás apenas do Texas Hold’em.

Além de ser um craque nas competições ao vivo, Éder tem muita regularidade quando o assunto é poker online. No ano passado, ele chegou a ocupar a elite mundial com a 38ª colocação global nessa modalidade.

Hoje, apesar de não estar na melhor fase em termos de ranking, Éder ocupa a honrosa 50ª colocação no Brasil entre mais de 2.800 competidores válidos. Todo esse sucesso no poker online credencia o paulista a ser um dos representantes do Estado no CBPE.

Entre os melhores competidores paulistas que estão no selecionado deste ano, vale a pena citar Cássio Kiles. Veterano em eventos do BSOP, em 2019 ele já acumulou muita experiência internacional. Nos últimos seis meses, o paulista competiu na Argentina, nas Bahamas e em Mônaco.

“Cássio (foto) em ação durante o BSOP (Foto Carlos Monti - Pokernews)

Vale ressaltar o excelente desempenho de Cássio no European Poker Tour (EPT) realizado em Mônaco em maio deste ano. Ele ficou com a 43ª colocação de um evento de Texas Hold’em que contou com a participação de 256 competidores.

Como melhor resultado da carreira, Cássio foi campeão de uma etapa principal do BSOP realizada em julho de 2012 (São Paulo). Na ocasião, ele precisou superar 728 adversários para conquistar o maior prêmio da carreira.

Quem fecha a lista dos competidores de muito destaque que vão representar São Paulo no CBPE é Milena Magrini. Toda seleção estadual tem como obrigação contar com pelo menos uma mulher no elenco e Milena é um diferencial para o Estado.

Também veterana nas mesas, ela vem de um resultado histórico em Madrid. Na capital espanhola, em abril deste ano Milena conseguiu ficar na terceira colocação do Aconcagua Million Madrid, um dos maiores eventos do país.

Apesar de não ter ficado com o título, a terceira colocação representou muito para o poker brasileiro e foi o principal resultado da carreira da paulista. “Ainda não caiu minha ficha direto que eu conquistei o maior prêmio de uma brasileira na história do poker! Ainda estou anestesiada, porém muito feliz e grata por ter a oportunidade de competir em um evento desse porte”, afirmou Milena após o feito.

Em tom de renovação, apenas Éder também esteve no time do ano passado

Para este ano, dos sete integrantes da comissão de São Paulo para o CBPE, apenas Éder disputou o evento no ano passado, quando o Estado contou com Rafael Moraes, Thiago Decano, Lauriê Tournier, Marcos André, Éder Campana e André Akkari (treinador).

Mesmo com a renovação do elenco, é muito provável que São Paulo seja o time a ser batido no CBPE, visto que o Estado tem o maior número de competidores entre os 100 melhores profissionais de poker do país. A expectativa é alta, mas os representantes do selecionado paulista já provaram que sabem atuar sob pressão e a qualidade desses respectivos atletas deve fazer a diferença.

Leia Também

Entre em Contato

(17) 99769-5656 WhatsApp

[email protected]

Jornalista responsável:
Julio César Faria
Julião Pitbull - MTB 53113

Cadastre-se e receba
Informativos
Olímpia24Horas nas Redes Sociais