Olimpia 24 Horas

BARRETOS - Menor órfão que morava em Casa Abrigo é detido com cocaína e LSD

Postado em: 16/06/2017

(Foto ilustrativa) Integrantes da Força Tática, os Policiais Militares, cabo Rafael e soldado Garcia, apresentaram no Plantão Policial o adolescente J.S.M.A., 16 anos, informando que durante patrulhamento pela Avenida 9 de Julho com a Rua Maria Cecilia Piani, bairro Dom Bosco, em um local já conhecido como ponto de tráfico de drogas, eles se depararam com o adolescente, que ao perceber a chegada da viatura policial empreendeu fuga, porém, foi acompanhado e detido poucos metros depois.

Em busca pessoal junto ao adolescente foi encontrado no bolso de sua bermuda um pino contendo cocaína e a quantia de R$5 reais em dinheiro.

Já no bolso de sua jaqueta foram encontrados 75 pinos com cocaína, um aparelho celular, modelo Moto G, sem chip, com capa verde limão, sem chip, e no interior da capa foram encontrados quatro micros pontos de LSD.

Indagado sobre a procedência da droga o menor alegou não ser de sua propriedade, afirmando ainda que não estava traficando.

O adolescente, que já é conhecido nos meios policiais por seu envolvimento com o crime, celular, dinheiro e drogas foi apresentado na delegacia, onde ficou constatado que o menor é órfão de pai e mãe, não possui parentes em Barretos e estava residindo na Casa Abrigo “Irmã Lourdes”, desde quando foi liberado da Fundação Casa.

Foi feito contato com o Conselho Tutelar e lá foi informado que quem é o responsável pelo adolescente é a pessoa responsável por seu abrigamento, não se prontificando a comparecer até a delegacia, apenas se prontificando a entrar em contato com o responsável pelo abrigo.

Os policiais então foram até a casa abrigo e mantiveram contato com o responsável por lá, o qual não se disponibilizou a acompanhar o registro da ocorrência, justificando que uma vez que o adolescente se evade do local, eles não são mais responsáveis por aquilo que vier lhe acontecer.

Por fim, durante o registro da ocorrência, as Conselheiras Tutelares Chayene e Valéria, compareceram ao Plantão Policial, sendo a Conselheira Cheyene nomeada como curadora para o ato.

Após toda esta situação, o delegado plantonista, deliberou pela não soltura do menor, sendo ele recolhido em uma cela especial, separado dos maiores, na cadeia de Barretos, sendo depois transferido para a cadeia da cidade de Colina, para que no momento oportuno seja apresentado a um representante do Ministério Público.

A cocaína apreendida, apresentou peso bruto de 65 gramas.
Fonte: Mazinho Dias/Barretos

Leia Também

Entre em Contato

(17) 99769-5656 WhatsApp

juliaopitbull@gmail.com

Jornalista responsável:
Julio César Faria
Julião Pitbull - MTB 53113

Cadastre-se e receba
Informativos
Olímpia24Horas nas Redes Sociais