Olimpia 24 Horas

BARRETOS - FINAL DOS TEMPOS? Aluna de 12 anos agride, ofende e pinta o sete em escola

Postado em: 13/04/2018

(Foto de outro caso ocorrido na região de Jales-SP/Diario de Votuporanga) Um inspetor de alunos de 32 anos informou aos policiais do Distrito Policial, que em companhia de uma funcionária da escola, ele estava entregando kits escolares na escola estadual em que eles trabalham, sendo que para isso eles estavam utilizando um carrinho, igual a estes de supermercado.

Acontece que uma aluna de 12 anos, a qual foi devidamente identificada, começou a correr pelo pátio da escola e depois disso ela retornou para a sala, a qual abrigava os kits, ocasião em que a funcionária pediu para a aluna se retirar, com a finalidade de que a mesma deixasse de atrapalhar a entrega dos kits.

Neste momento o inspetor, gentilmente, pediu para a que a aluna se retirasse também, contudo ela respondeu com uma frase com palavras de baixo nível e ofendendo a honra do funcionário, também o chamando de macaco.

Após isso o inspetor deu as costas para a aluna, ocasião em que ela veio em sua direção e lhe acertou um chute nas pernas, e quando a funcionária foi em socorro ao inspetor para separar a aluna dele, a adolescente acertou um soco na funcionária.

Neste momento o inspetor disse a aluna que na funcionária ela não iria bater, ordenando que ela respeitasse alguém dentro da escola, e neste momento a adolescente pegou um ferro para tentar acertar o inspetor e a funcionária da escola, contudo um aluno que estava por perto, e que testemunhou todo o ocorrido, segurou a aluna, que veio a dar uma mordida no braço deste aluno do 8°ano.

Após todo o ocorrido, o inspetor saiu de perto da aluna e não satisfeita, ela novamente foi a sua direção e novamente e o acertou com mais dois chutes na região das pernas.

A direção da escola tentou contato com a mãe da aluna, contudo não foi possível e então a aluna saiu da escola sem a autorização de nenhum dos funcionários ali presentes.

Cerca de 30 minutos depois, a aluna retornou até a escola, porém agora em companhia de sua mãe, que começou a gritar na frente da escola dizendo que o inspetor havia ‘furado’ a aluna com uma caneta e que também havia a arranhado.

Por fim, foi relatado que a aluna teria, neste momento, ofendido todos da direção, além de todos os funcionários da escola.

O caso foi encaminhado ao setor competente.
Fonte: Mazinho Dias/Barretos

Leia Também

Entre em Contato

(17) 99769-5656 WhatsApp

[email protected]

Jornalista responsável:
Julio César Faria
Julião Pitbull - MTB 53113

Cadastre-se e receba
Informativos
Olímpia24Horas nas Redes Sociais