Olimpia 24 Horas

BARRETOS - ATÉ CIGARRO FALSIFICADO? PM apreende cigarros artesanais falsificados em comércio

Postado em: 17/06/2017

(Palheiros Paulistinha, vítima de falsificação) O senhor F.L.C., 34 anos, residente na cidade de Bebedouro, esteve no Plantão Policial de Barretos na condição de representante de uma empresa de palheiros (cigarros artesanais), informando que havia tomado conhecimento de que alguma coisa de errada estava acontecendo com seu produto, pois um cliente que lhe telefonou se queixando da qualidade dos cigarros artesanais.

O empresário ficou intrigado com isso e perguntou ao cliente onde é que ela estava adquirindo os seus cigarros, obtendo como resposta que seria em um estabelecimento comercial de Barretos, vindo a informar qual era este estabelecimento.

Como o empresário nunca negociou seus produtos com o tal estabelecimento, resolveu vir a Barretos averiguar o caso e com o auxílio da Policia Militar ele foi até a Rua Brasil, bairro América, local onde funciona o estabelecimento que estava vendendo seus produtos.

Foi constatado pelo empresário que os cigarros artesanais que estavam à venda realmente eram de sua empresa, porém, existiam diferenças nas caixas expostas a venda e também nos maços dos cigarros, denotando serem falsificados.

Ao lado daquele estabelecimento existe um minimercado, e ali também foi constatada a venda dos cigarros, que segundo o representante da empresa “Paulistinha”, também eram cigarros falsos.

Os cigarros foram apreendidos e o representante forneceu cigarros originais para que sejam confrontados pela perícia.

Por sua vez o proprietário do minimercado relatou que no dia 14/06, passou por seu estabelecimento um rapaz que lhe vendeu os cigarros, não lhe fornecendo notas fiscais.

Já o representante da distribuidora de bebidas, informou que há cerca de duas semanas um rapaz, que alegou ser revendedor da empresa de palheiros lhe vendeu os cigarros, não lhe oferecendo notas fiscais.

Na semana seguinte o rapaz passou novamente pelo local e pela segunda vez ele adquiriu os cigarros artesanais sem notas fiscais.

Nenhum dos dois comerciantes souberam dar mais detalhes do vendedor de cigarros falsificados, sendo informado ainda pelo empresário que já foram feitas apreensões de seus produtos falsificados na cidade de São Paulo, Franca, interior de São Paulo e também na cidade de Ibiraçi, interior de Minas Gerais.

Todos os cigarros foram apreendidos e o caso encaminhado ao setor de investigação.
Fonte: Mazinho Dias/Barretos

Leia Também

Entre em Contato

(17) 99769-5656 WhatsApp

juliaopitbull@gmail.com

Jornalista responsável:
Julio César Faria
Julião Pitbull - MTB 53113

Cadastre-se e receba
Informativos
Olímpia24Horas nas Redes Sociais