Olimpia 24 Horas

ATAQUE COM SERINGA - Palhaço maluco ataca crianças com seringa e acaba na delegacia

Postado em: 10/11/2017

Um caso intrigante e até certo ponto preocupante, pelo menos inicialmente, já que apavorou crianças e pais, aconteceu na noite de ontem, quinta-feira, 9, na Estância Turística de Olímpia. O fato curioso e inusitado para a cidade se deu na Praça Santa Rita, mais precisamente nas proximidades de uma Feira que estava sendo realizada no local.

Palhaço Reinaldo Piemonte Oliveira, comerciante, 60 anos, morador do bairro Votorantim em Ibiúna-SP e que promovia ataques em crianças e até adultos com seringa e agulha de grande porte

Consta no BO PM que a PM foi alertada por volta das 20h20 que um homem vestido de Palhaço Patati-Patatá estava furando crianças com uma seringa e agulha grande e injetando nelas um líquido que não se sabia até então o que era. Seria um louco retransmitindo o vírus do HIV? Esse era o grande temor dos pais e crianças envolvidos no caso. Imediatamente, ao serem informados via COPOM, os policiais Cb Fabio e Cb Oliveira voaram para o local dos fatos.

Lá na Praça Santa Rita os policiais foram logo informados por pais e crianças apavoradas que o tal Palhaço, após picar as crianças com a tal seringa e agulha grande, teria fugido antes mesmo da chegada da PM, numa Perua Kombi de cor branca com placas AMZ-6505 de Curitiba-PR.

Uma mãe apavorada de uma criança, vítima do maluco, contou à PM que o Palhaço trabalhava na Feira como ambulante no momento dos ataques e que ele teria furado a mão de seu filho com a tal seringa de agulha grande.

Imediatamente os policiais passaram a patrulhar toda a região na tentativa de localizar o tal Palhaço. Como o mesmo não foi localizado os policiais passaram a atender outras prioridades momentâneas que foram surgindo, além deste caso. Ocorre que, algumas horas depois, a PM foi avisada novamemente que os pais das crianças, vítimas das picadas do homem desconhecido, haviam localizado o tal Palhaço. E mais uma vez os policiais voaram para este outro local. Agora o Palhaço estava em frente uma grande empresa de diversões instalada em Olímpia, que ao que parece, não teria culpa nenhuma da atitude do palhaço maluco e solitário.

Detido pelos policiais Cb Fabio e Cb Oliveira, o Palhaço maluco foi identificado como Reinaldo Piemonte Oliveira, comerciante, 60 anos, morador do bairro Votorantim em Ibiúna-SP. 

Seringa usada pelo maluco encontrada pela PM na Kombi dele

Durante vistoria no veículo do acusado, a Perua Kombi que fugira da Praça Santa Rita horas antes, os policiais encontraram vários brinquedos e seringas com agulhas de grande porte. Iguais a usada para furar as crianças.

Diante do achado, os policiais deram voz de prisão e levaram o acusado para a delegacia de polícia de Olímpia. Lá, duas vítimas do Palhaço  aguardavam com seus respectivos pais para registrarem o caso. Mas, segundo o BO PM, enquanto o caso era averiguado e registrado na delegacia, mais vítimas foram chegando também com as mesmas versões, que o Palhaço lhes injetaram um líquido se utilizando de uma grande seringa com agulha também de grande porte.

A VERSÃO DO MALUCO
Questionado pelos policiais, Reinaldo alegou que as lesões nas crianças foram por acidente, ou seja, ele quis dizer que não foram intencionais. Que ele possuía aquele seringa grande apenas para encher brinquedos e que a mesma estava dentro de uma caixa. Como as crianças enfiaram as mãos na caixa para "furtar" brinquedos, elas furaram suas mãos. Essa a versão do Palhaço, logo rechaçada pelas crianças, veja!

Mas as crianças declararam e confirmaram que as lesões foram provocadas de forma dolosa pelo acusado Reinaldo. Era a versão dele contra as de várias vítimas do maluco na delegacia.

Enquanto o caso era averiguado na Delpol, as crianças vítimas foram levadas para a UPA onde se submeteram à exames clínicos e tiveram o sangue colhido testes de HIV. Instantes depois saíram os resultados que eram negativos para HIV, felizmente.

Por fim, o caso foi registrado apenas como Lesão Corporal Dolosa, Artigo 129 do Código Penal Brasileiro. Todo o material que o Palhaço maluco usava e que foi encontrado na Perua Kombi dele, foi apreendido e inserido como peças comprobatórias no inquérito policial.

Como não se configurou o crime de ataques para retransmitir doênças, como HIV por exemplo, o que seria outro tipo de crime bem mais grave e passível até de possível prisão em flagrante, Reinaldo, o palhaço "palhaço" e maluco acabou sendo liberado pela Polícia Civil.


O MESMO PALHAÇO NA MISSA DAS CRIANÇAS NO DOMINGO
Segundo uma pessoa informou o OLIMPIA24HORAS, este mesmo Palhaço teria ido a outros locais da cidade de Olímpia, também vestido de Pallhaço e "vendendo" brinquedos. Mas nestes outros casos não constam denúncias de que ele teria furado alguém. 

Uma mãe de uma criança viu o mesmo Palhaço tentando vender um brinquedo para o filho dela, mas como a peça estava quebrada, a mãe disse ao filho que não compraria. Nisso, o Palhaço teria dito à mãe que quem saberia o que queria seria o filho dela e não ela, a mãe. A mãe contou ainda que diante da falta de educação do Palhaço, ela fez fez o filho desistir do brinquedo, quando então o Palhaço revoltado determinou que ela, a mãe, apagasse todas as fotos que havia tirado do filho dela com ele. Pedido atendido imediatamente pela mãe. 

Nesta sexta-feira ao saber dos fatos, a mãe ficou apavorada mas por sorte o filho dela não sofreu nenhuma picada de seringa. Menos mal!

Leia Também

Entre em Contato

(17) 99769-5656 WhatsApp

[email protected]

Jornalista responsável:
Julio César Faria
Julião Pitbull - MTB 53113

Cadastre-se e receba
Informativos
Olímpia24Horas nas Redes Sociais